Videos'do Editor

Tragédia: com pouca experiência, piloto tenta fazer acrobacia e morre em queda de avião em Pirenópolis

Ele teria pouca experiência e estava com um amigo, que também morreu no acidente

A queda de um avião de pequeno porte deixou dois mortos na tarde deste domingo (20), em Pirenópolis (GO)

A queda de um avião de pequeno porte deixou dois mortos na tarde deste domingo (20), em Pirenópolis (GO)
O piloto Erik Rigonato, que morava em Brasília, e o funcionário público da Prefeitura de Caldas Novas (GO), Guilherme Lima estavam na aeronave, quando aconteceu o acidente, próximo ao aeroporto de Pirenópolis (GO)
No momento da queda o piloto estaria fazendo acrobacias com o monomotor, que teria começado a descer em rota parafuso, não conseguiu subir e caiu
De acordo com a Polícia Militar de Goiás, a namorada do piloto informou que ele tinha pouca experiência na função. A polícia ainda não informou o motivo que levou a queda da aeronave e um laudo será feito sobre o caso. O avião caiu em uma área de cerrado
Após o acidente, os corpos foram levados para o IML (Insituto Médico Legal) de Anápolis (GO). O corpo do funcionário público será velado e enterrado em Caldas Novas nesta segunda-feira (21)
O prefeito da cidade de Caldas Novas decretou luto oficial de três dias pela morte do funcionário público. Ele postou uma mensagem no Facebook lamentando as mortes no acidente
Em janeiro deste ano, o piloto da aeronave de prefixo PT-NAB, João Henrique Baeta, e a namorada dele, Maysa Santos, morreram após a queda de um avião monomotor em cima de uma casa, por volta das 19h deste sábado (10) em Luziânia (GO), Entorno do DF. Outros dois passageiros ficaram feridos no acidente. Clique aqui e veja mais detalhes da tragédia que matou o casal

R7

Noticias Relacionadas

Nenhum comentário: