Videos'do Editor

Derrotas quebram boa série e expõem necessidade de evolução ao Flamengo

Flamengo melhorou com Oswaldo, mas ainda tem muito a caminhar dentro de campo



FOTOS - Atlético Mineiro goleia o Flamengo no Independência (Foto: Dudu Macedo/LANCE!Press)
A chegada de Oswaldo de Oliveira foi um grande remédio para o Flamengo, que há quatro anos não sabia a sensação de fazer parte do pelotão de frente no Campeonato Brasileiro. Entretanto, duas derrotas consecutivas evidenciaram que muita coisa ainda precisa melhorar para que o Rurbo-Negro consiga tirar bom proveito desta passagem pelo G4, e conquiste, ao menos, uma vaga para disputar a Copa Libertadores.

Mas para que o resultado apareça dentro das quarto linhas, é preciso uma evolução constante e, também, equilíbrio. Os números da equipe na competição mostram que o resultado nada mais é do que uma junção de fatores. Na 27ª rodada, o time de Oswaldo de Oliveira é apenas o oitavo no quesito "passes certos", o sexto em "chutes a gol", além de ter a quarta pior defesa entre os 20 clubes da competição.

De acordo com o técnico rubro-negro, o equilíbrio será fundamental para que as equipes nesta reta final do Campeonato Brasileiro.

– Isso é uma contingência que tenho visto na maioria das equipes do campeonato. Exceto o Corinthians, umas um pouco mais e outras um pouco menos, todo mundo passa por isso. Quem tiver mais equilíbrio, mais consistência, vai acabar conseguindo ocupar as melhores vagas – disse Oswaldo após a derrota diante do Atlético-MG.

A título de comparação, o líder Corinthians, que soma 57 pontos, é o melhor mandante, segundo melhor visitante, melhor defesa, segundo melhor ataque, tem mais vitórias, menos derrota, tem o melhor saldo, entre outros quesitos.

Diante disso, o treinador terá a semana cheia para tentar reencontrar os eixos da equipe, justamente diante do rival Vasco. Um elemento a mais para tentar voltar a triunfar na competição nacional.


 LANCENET


Noticias Relacionadas

Nenhum comentário: