Videos'do Editor

Bandeira crava: 'O Fla não vai disputar o Carioca com o time principal'

Presidente rubro-negro comentou sobre o atrito com a Federação de Futebol do Rio

Eduardo Bandeira de Mello recebeu a reportagem do LANCE! em sua sala na Gávea (Foto: Cleber Mendes/LANCE!Press)
Em entrevista exclusiva ao LANCE!, o presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Mello garantiu que o Rubro-Negro irá disputar o Campeonato Carioca com um time alternativo. A equipe principal da Gávea encontrará outra alternativa, como a possível realização do Sul-Minas-Rio. O mandatário ainda comentou sobre o atrito com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro e falou também da aliança de Vasco e Botafogo com a entidade.

O senhor acredita que esse rompimento
 com a Ferj seja mesmo a solução?

Não tenho a menor dúvida de que não podemos continuar lidando com a Federação do Rio da maneira como ela é gerida hoje. O nosso rompimento é definitivo e irreversível. Claro que não podemos nos desfiliar da Federação. Estamos buscando alternativas. A Sul-Minas-Rio é uma delas. O Flamengo está assistindo a deterioração técnica e financeira do futebol carioca, que se iniciou nos anos 1970 com a lei do voto unitário. O fato é que já tomamos a decisão de disputar o Carioca de 2016 com uma equipe alternativa.


De que forma vê essa aliança entre Vasco, Botafogo e Ferj?

Provavelmente estão satisfeitos com o Carioca, com a forma de como é gerido, com a transparência das contas da Federação, com a distribuição dos recursos da televisão e das placas publicitárias. Estão satisfeitos com o fato dos quatro grandes, reunidos, terem menos de 10% do total de votos da Assembleia Geral da Federação, em conviver com a Liga Amadora de Itaocara, com o Clube do Piscinão de Ramos, em quase de situação de igualdade.

Não teme que a Ferj, junto com o Eurico Miranda, articule algum tipo de represália?

Essa decisão já está tomada e é irreversível. Não vamos disputar o Carioca com o time principal. É claro que espero todo tipo de ameaça ou coisa bem próprias do que estamos convivendo nos últimos anos do futebol carioca. Tudo pode acontecer.

Eduardo Bandeira de Mello - Eleição do Flamengo (Foto: Cléber Mendes)

lancenet

Noticias Relacionadas

Nenhum comentário: